Milan faz contato com Shakhtar para tentar contratar Tetê, e Grêmio pode lucrar com negócio

Transferência pode render quantia milionária ao Tricolor, que permanece com 15% dos direitos econômicos do atacante e ainda conta com 3% do mecanismo de solidariedade

O Grêmio está de olho no interesse do Milan em Tetê, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O clube italiano se reuniu com os ucranianos e abriu negociações para contratar o jovem de 19 anos, formado nas categorias de base do Tricolor. Caso a negociação se concretize, o clube gaúcho pode lucrar uma boa quantia por ainda deter parte dos direitos do jogador.

A informação foi publicada inicialmente pelo jornal Zero Hora e confirmada pelo GloboEsporte.com. Conforme o empresário Pablo Bueno, a negociação pode superar os 30 milhões de euros (cerca de R$ 138 milhões, na cotação atual).

– O Milan já tentou contratar o Tetê na outra janela de transferências (no meio do ano) e não conseguiu. O Shakhtar é um clube com muito dinheiro e difícil de negociar. Para conseguir, eles vão ter que subir bastante o valor – afirma o empresário.

Segundo o empresário, o Milan o procurou o após a partida entre o clube ucraniano e o Atalanta, pelo Grupo C da Liga dos Campeões, em outubro, em um jogo no qual Tetê ficou de fora. Desta vez, o contato acontece entre os dois clubes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *